Fórum baseado na saudades


    Prólogo de Nikolai

    Compartilhe
    avatar
    Nikolai de Cisne
    Novato(a)
    Novato(a)

    Mensagens : 13
    Data de inscrição : 17/11/2016

    Ficha do personagem
    Vida:
    1000/1000  (1000/1000)
    Cosmo:
    1000/1000  (1000/1000)
    Nível: 2

    Prólogo de Nikolai

    Mensagem por Nikolai de Cisne em 26/11/2016, 00:42


    Episódio 0: O Cavaleiro de Cisne




    A noite estava maravilhosa. Não havia nuvens, as estrelas brilhavam intensamente em conjunto com a magnífica lua que resplandecia no céu, iluminando as árvores onde um garoto se encontrava caminhando com uma urna nas costas. Embora ela fosse feita de metal maciço, não parecia muito pesado para Nikolai, um jovem russo que cresceu na Sibéria e a pouco tempo havia concluído seu treinamento para Cavaleiro de Athena.

    Seu rosto parecia focado mesmo que ele permanecesse calmo e centrado em seu caminho. Seu destino era o Santuário de Athena, um local onde ele seria apresentado para o Grande Mestre e iria iniciar suas missões como um guerreiro protetor da paz na Terra. Claro que ele não poderia estar mais animado, teria passado por um treinamento árduo, e conquistou a sua armadura com realmente muito suor e força de vontade. Ela era sua relíquia, seu tesouro. Ele prezava-a como se fosse sua própria vida, uma extensão de seu corpo.

    Levou um tempo para que ele finalmente chegasse no Santuário. Já estava de manhã, os pássaros cantarolavam felizes no céu enquanto voavam livremente a luz do sol que agora brilhava intensamente, iluminando os vastos campos floridos ao redor do santuário, e o campo de treinamento usado pelos cavaleiros, aonde havia um enorme coliseu com arquibancadas que estava vazia, e um circulo imenso no meio que era usado pelos aspirantes para treinar. O vento soprava pelos quatro cantos do coliseu, mas estava ocorrendo algo diferente dessa vez, os aspirantes deixaram de lutar entre sí, e agora havia uma pequena reunião. O grande mestre, com sua túnica branca bordada a ouro puro e joias raras que cobria totalmente seu corpo e seu elmo dourado, estava parado no topo do coliseu, e ao seu lado se encontravam homens que portavam espécies de armaduras que brilhavam, refletindo o sol.

    — Aspirantes e guerreiros, apresento-lhes os mais novos cavaleiros de Athena, que demonstraram bravura e coragem, e uma enorme habilidade, ao serem capazes de finalizar os treinamentos infernais passados a eles, para conquistarem suas armaduras... — Falava o respeitado mestre do santuário, aquele que se se aproximava a Athena, o ser mais importante em todo o santuário, tirando, é claro, a própria Deusa. Suas palavras pareciam soar como as de  um rei, pois o silêncio permanecia no momento em que ele parava de falar e era quebrado assim que ele voltava. — O cavaleiro de Cisne, Nikolai!








    Última edição por Nikolai de Cisne em 29/11/2016, 00:05, editado 4 vez(es)
    avatar
    Lawliet
    Administrador
    Administrador

    Mensagens : 123
    Data de inscrição : 18/11/2016
    Idade : 20
    Localização : Rio de Janeiro

    Ficha do personagem
    Vida:
    1000/1000  (1000/1000)
    Cosmo:
    1000/1000  (1000/1000)
    Nível: 1

    Re: Prólogo de Nikolai

    Mensagem por Lawliet em 26/11/2016, 05:32

    Boa qualidade. Ansioso para os próximos:
    +200 de experiência.
    avatar
    Nikolai de Cisne
    Novato(a)
    Novato(a)

    Mensagens : 13
    Data de inscrição : 17/11/2016

    Ficha do personagem
    Vida:
    1000/1000  (1000/1000)
    Cosmo:
    1000/1000  (1000/1000)
    Nível: 2

    Re: Prólogo de Nikolai

    Mensagem por Nikolai de Cisne em 1/12/2016, 13:37


    Episódio 1:  Voltando aos treinos



    O céu estava maravilhoso naquele dia. Pássaros cantavam e voavam livremente, sem quaisquer preocupações... Alguns montavam seus ninhos tranquilamente nas árvores que dava uma sensação de vivacidade para aquele santuário enorme e de extrema beleza. Tudo parecia estar excepcionalmente bom hoje, embora  sons de batalha pudessem ser ouvido  mesmo que os lutadores estivessem se confrontando em um enorme Coliseu, com uma arquibancada absurda e um circulo imenso ao meio, onde se encontravam diversos tipos de guerreiros trajando armaduras de treinamento.

    Já se fazia alguns dias desde que Nikolai havia chegado ao santuário. Ele se estabilizou bem lá, o grande mestre havia o apresentado para todos e acabou que, como a maioria dos cavaleiros experientes estavam em missões para o santuário, Nikolai ficou encarregado com o treinamento dos aspirantes. Claro, ele não gostou muito da ideia, não gostava que as pessoas o reparassem muito, mas, sem muitas escolhas, acabou aceitando como cavaleiro. Ele descansou bem da viagem, com um sono profundo e reconfortante.

    Era o primeiro dia que ele estava treinando os aspirantes. Nos outros dias ele conseguiu enrolar um pouco, mas parecia que hoje não havia escapatória. O clima estava perfeito, ele já estava descansado da viagem e do árduo treinamento que ele havia sido submetido, estava em perfeita forma. Mas parecia que aquilo não havia fim.

    Vários socos eram disparados simultaneamente na direção dele, que agilmente e surpreendentemente ia se esquivando com uma maestria muito grande. As vezes ele desviava um dos socos com os braços para poder dar mais estabilidade para o mesmo. Ele teve a brilhante ideia de lutar contra todos ao mesmo tempo, para que assim eles possam ter uma noção de como era lutar contra um cavaleiro de verdade e não apenas entre si. O problema era que eles eram muitos, e a quantidade de golpes que ele recebia era muito grande.

    Apesar de tudo isso, era um treinamento ótimo para ele. Usando uma armadura de treinamento comum e com o cabelo amarrado em um rabo de cavalo para trás, era possível ver o suor escorrer de seu rosto. O sol ardia incansavelmente, brilhando sobre todos no coliseu. Por sorte, ele havia uma resistência muito grande, mas não era o mesmo com os aspirantes que estavam cada vez mais se cansando e cada vez os golpes iam diminuindo tanto na intensidade quanto na velocidade e na frequência. Até agora o mesmo não havia sido atingido uma única vez, mas ele teve que se esforçar um pouco para isso já que havia prometido não usar o cosmo contra eles.

    Porém, algo surpreendente aconteceu muito rápido. Um brilho forte e rápido surgiu do nada e seguiu em direção a Nikolai, que instintivamente olhou para o mesmo. A rajada cósmica começou a congelar, até simplesmente quebrar em milhares de pedacinhos antes de acertar o mesmo. Todos ficaram em silêncio, e o som de batalha foi cessando ao mesmo tempo em que a fumaça na mão de um dos aspirantes parava de sair. Sua face estava estupefata, como se não pudesse acreditar no seu próprio feito. Aos poucos, sua face mudou completamente, se transformando em felicidade.

    – Eu consegui! Eu... eu usei o cosmo! – Comemorava o aspirante,  com uma mistura de orgulho, satisfação e entusiasmo. Era a primeira vez em que ele havia manifestado o cosmo, obviamente estaria muito feliz.

    Muitos dos aspirantes começaram a comemorar junto, pois era sempre muito bom ver um deles demonstrando tal coisa. Era como se com isso eles ganhassem mais força para continuarem  seu treino, cada vez mais e mais, para ficar mais forte e consequentemente atingirem seus objetivos e se transformarem em ótimos Cavaleiros defensores da justiça e a paz na Terra. Nikolai limpou o suor na testa que grudava um pouco seu cabelo e foi andando calmamente até a acumulação de aspirantes que comemoravam alegremente. Eles pareciam ter se revigorado.

    – Muito bem, isso foi incrível, parabéns.  – Sorriu o cavaleiro de Cisne gentilmente para ele. – Parece que você conseguiu despertar o seu cosmo, continue assim e futuramente irá virar um cavaleiro de athena e lutará do nosso lado! – Ele respirou fundo descansando, ele nunca havia lutado assim contra outras pessoas além de seu instrutor, e era um bom aprendizado para ele. Ele conseguiu acompanhar muito bem os aspirantes, mas isso era o mínimo que ele poderia fazer, já que ele já era um cavaleiro.

    – Nikolai de Cisne, o Grande Mestre está te chamando. – Um garoto com uma armadura foi se aproximando, ele parecia outro cavaleiro de Bronze. Sua armadura era azul, era difícil dizer de que constelação correspondia. Mas ele transpirava seriedade, era como se ele estivesse lá a muito tempo e fosse o mais forte entre os cavaleiros de Bronze.




    avatar
    Lawliet
    Administrador
    Administrador

    Mensagens : 123
    Data de inscrição : 18/11/2016
    Idade : 20
    Localização : Rio de Janeiro

    Ficha do personagem
    Vida:
    1000/1000  (1000/1000)
    Cosmo:
    1000/1000  (1000/1000)
    Nível: 1

    Re: Prólogo de Nikolai

    Mensagem por Lawliet em 7/12/2016, 22:17


    + 250 pontos de experiências.

    Conteúdo patrocinado

    Re: Prólogo de Nikolai

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: 22/11/2017, 14:45